Do UOL:

O governador Wilson Witzel (PSC) nomeou na última terça-feira (21) para um cargo comissionado no governo do Rio de Janeiro uma das condenadas na Operação Chequinho, investigação que levou o ex-governador Anthony Garotinho à prisão.

Roberta Moura foi nomeada para o cargo de assessora-chefe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Relações Internacionais. A pasta é comandada por Lucas Tristão, ex-aluno e ex-sócio do governador em um escritório de advocacia, considerado muito próximo de Witzel. Ela atuou como vereadora na cidade de Campos dos Goytacazes, tendo assumido momentaneamente o mandato como suplente.

Segundo uma fonte com entrada na política do norte fluminense ouvida pelo UOL, a nomeação de Roberta Moura para um cargo de destaque no governo Witzel não é uma surpresa. Ela teria ajudado informalmente a equipe de transição do governador.(…)