O Uruguai é um dos destinos atualmente mais procurados pelos brasileiros, pela proximidade, segurança, custos mais acessíveis e pela não exigência de passaporte e visto.

O pequeno país com 3,5 milhões de habitantes tem paisagens lindíssimas, culinária excepcional e um povo simpático, educado e hospitaleiro.

A exemplo de milhares de brasileiros, nosso repórter passou as férias neste início de ano no Uruguai e descreve as belezas e o bom gosto dos uruguaios.

No final de 2017 e início de 2018 os vôos para Montevideo estavam lotados, motivo pelo qual fiz a viagem de ônibus, saindo de Curitiba. Duas empresas uruguaias – TTL e EGA – fazem o trajeto São Paulo-Montevidéu, passando por Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Punta del Este. Ainda assim, havia diversos ônibus extras ocupados na maioria por brasileiros. O valor da passagem de Curitiba a Montevideo é de apenas 370 reais, embora os ônibus sejam confortáveis, as paisagens belíssimas; o tempo de viagem é de 24 horas. Para quem vai de carro ou ônibus, as estradas são excelentes.

O Uruguai está sendo descoberto pelos brasileiros nos últimos anos. A cada ano aumenta o número de turistas, seja para visitar a capital Montevidéu, o balneário Punta Del Este, a charmosa Colonia del Sacramento (colonizada por portugueses), e os principais pontos turísticos. O viajante encontrará cidades que oferecem atividades e paisagens diferentes. Rio, mar e áreas históricas são algumas delas.

Vizinho do Brasil e da Argentina, separado desta pelo Rio da Prata, o Uruguai, tem na segurança, a cordialidade e a gentileza dos uruguaios importantes atrativos.

Com o aumento anual de turistas brasileiros o Uruguai deu início à reformulação de seu plano nacional de turismo até 2030, aumentando também a divulgação, no exterior, de destinos fora da rota turística do País. Para 2018, a dica do governo é o destino de aventura e pesca esportiva “Corredor de los Pájaros Pintados” e, para 2020, a meta uruguaia é ter somado um milhão de visitantes brasileiros no local.

Uruguai é um país repleto de belezas naturais, com uma intensa vida cultural e diversas atividades turísticas. A variedade de lugares turísticos no Uruguai é muito ampla, ao longo de todo o ano. O verão tem como protagonistas as múltiplas praias.
Para os que procuram descanso ou uma terapia de alivio, as termas de Salto e Paysandú são uma opção perfeita. O turismo ecológico também conta com sua infra-estrutura bastante desenvolvida.

Anualmente visitam o país turistas provenientes principalmente da Argentina e do Brasil, mas também do Chile e do Paraguai. Em menor numero, chegam visitantes dos Estados Unidos e da Europa, mas cada ano aumenta a quantidade.
Estive acompanhado de minha namorada alemã/uruguaia, Anabel, e ficamos em um apartamento no bairro de Pocitos, em Montevidéu, na esquina da avenida Brasil, há uma quadra da Escola Brasil, um imponente edifício de belíssima arquitetura, há 4 quadras de uma das melhores praias da cidade.

Descendo a avenida a caminho da praia encontramos o Expreso Pocitos, um restaurante dos mais tradicionais da cidade, fundado em 1910. No ano passado quando estive no restaurante, raramente via algum brasileiro. Desta vez, 80% dos frequentadores eram brasileiros. O mesmo se repetia nos museus, praças, praias, restaurantes, mercados. Havia brasileiros por toda parte.

Quando nos dirigimos a uma locadora de carros, o atendente avisou: “Não há carros aqui nem nas demais locadoras. Os brasileiros alugaram todos os carros”. E era verdade. Depois da quarta locadora desistimos e minha namorada pegou o carro de uma amiga que viajou para a Argentina.

Em todos os lugares que fomos, mercados, bares e restaurantes, não havia pessoas preocupadas com segurança. Celulares ficavam nas mesas dos bares, bolsas apoiadas displicentemente nas cadeiras. Nenhuma preocupação ou notícia de roubo ou assalto. Pelas ruas as pessoas caminham tranquilamente, falando ao celular, despreocupadas.

Ouvindo a rádio M24 no carro, ao atravessar o país, passando por Colônia de Sacramento, Punta del Este, Piriápolis, entre outros locais, a única notícia policial que marcou a virada de ano foi o incêndio em duas lixeiras no litoral. Foi um escândalo na segurança pública. Os meios de comunicação entrevistaram as autoridades policiais, delegados de polícia. “Como é possível que vândalos tenham colocado fogo em duas lixeiras? É o fim do mundo. A que ponto chegou a insegurança no Uruguai”. Embora um dos policiais tenham alertado para o fato de que na virada do ano, como é tradicional os uruguaios fazerem churrascos, pode ser que alguém tenha colocado as brasas na lixeira e tenha causado o fogo. Enfim, nenhum roubo, nenhum assalto, nenhum homicídio. Este é o Uruguai onde as pessoas circulam com total segurança e tranquilidade.

O vinho uruguaio é classificado entre os melhores do nosso continente, rivalizando com chilenos e argentinos. Além de degustar vinhos uruguaios a preços acessíveis, o turista deve visitar vinículas famosas na “Rutal del Vino uruguayo”. O Tannat uruguaio é bem famoso. É uma uva tinta da família da Vitis vinifera originária do sul da França. É usualmente utilizada em assemblage com merlot, para suavizar o vinho. É a grande uva adotada pelo Uruguai, que possui uma extensa área de vinhedos dessa casta.

 

Montevidéu
A capital uruguaia está cheia de encanto e belezas para oferecer aos visitantes que chegam durante todo o ano. Para os que a visitam no verão, suas praias os receberá com belos panoramas. Se chegarem no inverno, as praças e a arquitetura da cidade o deixará hipnotizado. Mas em qualquer época, não deixe de visitar a Rambla, um imenso calçadão a beira-mar, onde a cidade se abraça com o mar em uma combinação por demais atrativa.

Não deixe de visitar o Mercado do Porto para se deliciar com a excelente carne uruguaia, as parrilladas, e beber o “médio a médio”, uma mistura de champagne com vinho branco só encontrada naquele mercado.

Colonia del Sacramento
Colonia del Sacramento guarda um tesouro único, suas construções históricas, que constituem por si mesmas museus. Também conta com alguns outros atrativos como a única praça de touros que teve o país, o real de San Carlos. O farol é outro de seus atrativos, testemunha muda de muitos naufrágios. As pousadas em construções históricas são confortáveis e acessíveis. As ruas antigas são floridas e contam com dezenas de bares e restaurantes de excelente qualidade.

Piriápolis
Sem lugar a duvidas, Piriápolis é uma praia mágica, com sua historia e suas maravilhosas construções. Foi criada por um visionário que a desenhou a imagem das praias da Riviera francesa. Sua Rambla costaneira, o Argentino Hotel e o Castillo de Piria constituem seus principais atrativos, embora a natureza compita seriamente com a arquitetura neste lugar encantador.

Punta del Este
É a praia mais luxuosa e glamorosa do Uruguai. Conta com uma excepcional infra-estrutura turística e praias belíssimas, que a convertem em uma das praias mais cobiçadas do mundo. A ela chegam visitantes de todas as partes, que se misturam com personalidades internacionais para desfrutar do sol e as muitas atividades que esta cidade oferece. É a cidade dos milionários. Em seu aeroporto, na entrada da cidade, o que mais se vê são jatos particulares dos mais modernos, e em grande número. No porto local desfilam iates dos mais caros e suntuosos do mundo.

O Cassino Conrad é um dos mais famosos, e caro. Enfim, a cidade é cara porque é ponto de encontro de milionários que vem de diversos países passar o verão na cidade e desfrutar as belas praias. A família de Donald Trump é uma das que visitam Punta del Este e um dos filhos do atual presidente dos EUA tem um suntuoso edifício comercial na cidade.
Os bares e restaurantes fervilham durante a noite. As mansões cinematográficas não tem cercas ou guardas. A segurança é total.

Outro motivo importante é o desconto de 22% oferecido aos turistas estrangeiros. Ao pagar com cartão de crédito em restaurantes e hotéis, vem a dedução de 22% do IVA, o imposto do governo, para estimular o turismo. E nas compras o valor pode ser recebido nas aduanas. Com esse desconto o turismo fica ainda mais convidativo. Moeda local: um real vale 9 pesos uruguaios. É melhor trocar em casas de câmbio do Uruguai.

Por todos esses motivos, inclua o Uruguai na sua próxima viagem de turismo.