O jornalista Fernando Brito, editor do Blog Tijolaço, recomenda “passiflorina aos que não tiverem nervos fortes, nos próximos dez dias”; Brito afirma que a mentira divulgada pelo Ibope com sua pesquisa sem Lula e sem contexto é uma violência jornalística estarrecedora; ele diz: “o jogo foi jogado escandalosamente pela Globo e pelo Ibope, divulgando uma pesquisa escandalosamente fajuta, porque dirigida a dar um resultado que não condiz com a realidade política revelada, pelo próprio instituto de pesquisa, ao apontar 37% de preferência por Lula”

Brasil 247 – O jornalista Fernando Brito, editor do Blog Tijolaço, recomenda “passiflorina aos que não tiverem nervos fortes, nos próximos dez dias”. Brito afirma que a mentira divulgada pelo Ibope com sua pesquisa sem Lula e sem contexto é uma violência jornalística estarrecedora. Ele diz: “o jogo foi jogado escandalosamente pela Globo e pelo Ibope, divulgando uma pesquisa escandalosamente fajuta, porque dirigida a dar um resultado que não condiz com a realidade política revelada, pelo próprio instituto de pesquisa, ao apontar 37% de preferência por Lula.”

Em seu blog, o jornalista destaca que “Haddad com 6% e um decréscimo de 2% apenas nas respostas não sabe/não respondeu isso significaria que  apenas um em cada seis eleitores de Lula votaria em Fernando Haddad. É tão ridículo que não pode ser levado a sério.”

E reitera: “o jogo é exatamente este: apresentar Haddad como inviável, quando o seu “problema” é exatamente a falta de comunicação de que será o candidato de Lula, a confirmar-se a exclusão do ex-presidente da disputa eleitoral.”

Brito ainda refresca a memória de seu leitor, dizendo que “até a pesquisa do XP/Itaú admite que  a transferência para Haddad passa do dobro.”