Brasil 247 – Michel Temer, que tomou o poder por meio de um golpe, entregou as reservas do pré-sal e implantou uma política de preços na Petrobras, com Pedro Parente, que instalou o caos no Brasil, decidiu colocar as Forças Armadas contra os caminhoneiros.

“Comunico que acionei as Forças Federais de segurança para desbloquear as estradas e estou solicitando aos senhores governadores que façam o mesmo”, disse ele. “O acordo está assinado e cumpri-lo é a melhor alternativa. Mas o governo saberá exercer sua autoridade”, afirmou.

O caos no Brasil, no entanto, é fruto da política implantada por Pedro Parente, de reajustes diários nos combustíveis, que visa entregar as riquezas nacionais. Pesquisa Ipsos revelou que Temer é rejeitado por quase todos os brasileiros (leia mais aqui).

Nota da redação: O líder dos caminhoneiros, José da Fonseca Lopes, desafiou o governo, declarando que, se houver repressão policial, “vai correr sangue”.