O Essencial – Estas são as imagens do homem que ontem foi armado para o ato na Paulista — a lei proíbe — e atirou em uma jovem, que estaria com um grupo que gritou “Fora, Bolsonaro”.

A polícia não divulgou sua identidade e ontem, depois do crime, ele não foi algemado e ainda seguiu para o Distrito Policial na viatura do resgate, não da PM.

Ele seria um policial reformado e era nítido que estava sendo protegido pelos PMs que atenderam à ocorrência na Paulista.