Foto: Pedro Ribas/SMCS

 

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba começou a realizar os 55 mil novos testes para diagnóstico da covid-19. Nesta quinta-feira (4/6) foram testados profissionais das unidades básicas de saúde, do Samu e das UPAs, além de funcionários e idosos das 140 instituições de longa permanência da cidade.

A agenda para os testes está senda organizada pelos dez Distritos Sanitários de Curitiba. Guardas municipais formam o próximo grupo incluído nas testagem, com data a ser definida. O contato para a testagem é feito pelos distritos, não é preciso procurar a rede de saúde.

O aumento de testes do novo coronavírus para grupos de riscos monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde e para profissionais de serviços essenciais foi anunciado nesta semana pelo prefeito Rafael Greca.

Prefeitura começa a aplicar 55 mil testes em grupos prioritários

São 55 mil testes sorológicos e também RT-PCR, direcionados a profissionais de saúde, agentes funerários, trabalhadores do transporte público e de armazéns públicos, educadores e assistentes sociais e outros grupos mais expostos ao contágio, além de pacientes com sintomas respiratórios leves associados a fatores de risco, e também casos moderados.

Parentes de pessoas que foram a óbito com casos confirmados de covid-19 também estão na lista.

“O fluxo para a testagem é organizado em cada um dos nossos distritos, que agendam as coletas até a entrega do material para análise”, conta Flávia Quadros, superintendente de Gestão em Saúde da secretaria.

Os testes sorológicos, feito por amostra de sangue, pode indicar se a pessoa já teve contato com vírus e desenvolveu imunidade. As análises estão sendo feitas pelo Laboratório Municipal de Curitiba.