Nossa entrevistada, Ligia Cury, é médica graduada pela PUC-PR, com especialização em oftalmologia pela Santa Casa de Curitiba e Fellowship de cirurgia vítreo-retiniana no Hospital da Visão- Retina Curitiba.

Quais os principais problemas de visão da atualidade?
Dra. Ligia Cury – Os problemas mais comuns são as ametropias, como miopia, astigmatismo, presbiopia e hipermetropia. Porém esses não acarretam grandes danos, podendo ser corrigidos com o uso de óculos, lentes de contato e cirurgia refrativa.
A miopia caracteriza-se pelo borramento visual para longe e a imagem formada localiza-se anteriormente a retina. Pacientes míopes podem apresentam patologias retinianas que aumentam o risco de descolamento de retina, portanto recomendamos mapeamento de retina anual.
O astigmatismo decorre da diferença de poder refracional entre as curvaturas corneanas, sendo a principal ametropia relacionada a sintomas pela falta de uso dos óculos.
A hipermetropia caracteriza-se pela formação da imagem posterior ao plano da retina acarretando borramento visual para perto e longe.
A presbiopia também conhecida como vista cansada, caracteriza-se pela diminuição da acomodação cristaliniana fisiológica, causa dificuldade visual para perto.

Quais as doenças oculares mais comuns?
Dra. Ligia Cury – A principal causa de cegueira reversível no mundo é a catarata, geralmente associada com a senilidade, apesar de diferentes fatores poderem acelerar seu desenvolvimento como: uso de corticóides, diabetes, trauma, exposição solar, entre outros. Nesses casos, a opção terapêutica é a cirurgia de facoemulsificação com implante de lente intra-ocular.
No mundo, a principal causa de cegueira irreversível é o glaucoma, caracterizado por ser uma neuropatia óptica progressiva assintomática nas fases iniciais, por isso a importância da consulta oftalmológica de rotina.
No Brasil, a segunda principal causa de cegueira irreversível é a retinopatia diabética, sendo necessário realizar o rastreamento através do mapeamento de retina e o acompanhamento rigoroso com oftalmologista e endocrinologista.
Outra causa relevante é a doença macular relacionada a idade (DMRI), a qual torna-se mais prevalente com o maior envelhecimento da população, também relacionada a pele clara, de ascendência européia, tabagismo, alimentação rica em gordura, sedentarismo. Essa patologia causa perda de visão central e o tratamento precoce pode impedir a progressão da doença, evitando a baixa visual permanente.

Fale sobre a importância da prevenção através de diagnósticos precoces.
Dra. Ligia Cury – As consultas periódicas ao oftalmologista nos possibilitam diagnosticar precocemente doenças inicialmente assintomáticas como glaucoma, retinopatia diabética, degeneração macular levando a tratamento precoce, melhor prognóstico visual, evitando que os pacientes evoluam para cegueira,

Crianças e adultos que ficam muito tempo na frente do computador desenvolvem algum tipo de doença ocular? 
Dra. Ligia Cury – Estão sendo realizados muitos estudos que associam a exposição excessiva de atividades para perto, como computador, celulares e tablets, como o desenvolvimento de miopia nas crianças e adolescentes. Orientamos então que essas atividades se restrinjam a período em torno de 30 minutos, devendo-se realizar estímulos para atividades ao ar livre.
Outros estudos associam a exposição a luz azul, comum em computadores, a maculopatias.

Como o CEMOC está preparado para atender os mais variados casos de patologias oculares?
Dra. Ligia Cury – O CEMOC – Centro de Microcirurgia Ocular de Curitiba conta com médicos, exames avançados e especializados de oftalmologia, centro cirúrgico equipado com o que há de melhor e mais moderno para tratamento da saúde ocular.

 

Serviço

CEMOC – Centro de Microcirurgia Ocular de Curitiba

Avenida Silva Jardim, 3.888 – Fone 3075-7000