Prefeito Rafael Greca vistoria obras de reparos no reservatório Corte Branco da Sanepar no Uberaba. Foto: Levy Ferreira/SMCS

 

O prefeito Rafael Greca vistoriou, na tarde desta terça-feira (14/1), as obras de construção de uma nova Estação Elevatória de Água Tratada (EEAT), no reservatório Corte Branco, no bairro Uberaba, para melhoria do sistema de abastecimento integrado de Curitiba.

Executadas pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), as intervenções atendem às disposições do contrato firmado pela empresa com o município em 2018, baseado nas metas do Plano Municipal de Saneamento Básico. Os investimentos são de R$ 4,3 milhões.

“São ações importantes, que flexibilizam o abastecimento de água e minimizam situações de desabastecimento”, destacou o prefeito, que fez a visita técnica ao lado do diretor de Operações da Sanepar, Paulo de David; e do gerente-geral da companhia para Curitiba, Região Metropolitana e Litoral, Antônio Carlos Gerardi.

A estrutura será responsável por aumentar em 30% a capacidade de transferência de água do reservatório Corte Branco para o reservatório Xaxim e, poderá, ainda, ampliar a oferta de água tratada no reservatório Portão.

Greca ainda lembrou que são cerca de 30 milhões de litros d’água que passam por esse reservatório, que combina o sistema de abastecimento do Rio Iraí com o sistema do Rio Iguaçu.

Capital mais saneada

Curitiba já é destaque entre as capitais brasileiras quando se trata de saneamento básico. A cidade apareceu com boas colocações no ranking da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) e nos levantamentos do Instituto Trata Brasil.

O contrato de programa com a Sanepar foi firmado em 5 de junho de 2018. Com foco nas metas de efetividade no uso de redes de esgoto previstas no Plano Municipal de Saneamento Básico, prevê R$ 3,5 bilhões em investimento para os próximos 30 anos e recursos para o Fundo Municipal de Saneamento Básico, que permite que sejam feitas ações de fiscalização e educação ambiental.