Funcionários estão convencidos de que o coronavírus está matando mais do que dizem as estatísticas oficiais

“Em tempo de guerra, a primeira vítima é a verdade”, escreveu o jornalista Boake Carter. Ao longo dos tempos, comprovamos essa realidade.

A situação da pandemia no Brasil tem tudo para ser a maior tragédia da nossa história: governo incompetente, profissionais da saúde despreparados, falta de equipamentos básicos de segurança nos hospitais, falta de respiradores e até de máscaras e luvas em clínicas e hospitais etc. Isolamento fracassado diante da politicalha baixo nivel que permitiu abertura de igrejas e outros setores de aglomeração de pessoas.

Tudo que os países fizeram para conter a pandemia, no Brasil foi feito errado, ou não foi feito.

As consequências começam a aparecer: os números oficiais de vítimas e contaminados pelo coronavírus são desmentidos diariamente pela realidade dos fatos.