193 alunos novos da Guarda Municipal participaram de aula inaugural com o prefeito Rafael Greca no Salão de Atos do Parque Barigui, nesta sexta-feira (16/8). – Foto: Daniel Castellano / SMCS

Dez dias após colocar nas ruas mais 130 guardas municipais, a Prefeitura deu início ao curso de formação para uma nova turma que fará parte da corporação. Composto por 193 alunos, o grupo participou da aula inaugural com o prefeito Rafael Greca no Salão de Atos do Parque Barigui, nesta sexta-feira (16/8). 

A palestra ocorreu após evento promovido pela Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal para que os guardas conheçam aspectos da vida funcional.

Discorrendo sobre aspectos históricos e econômicos da capital, o prefeito lembrou do início das atividades da Universidade Federal do Paraná – a primeira do Brasil – e de como Curitiba se manteve como referência para o país com o passar das décadas.

“Fomos a primeira cidade brasileira a ter um planejamento urbano, tivemos o primeiro calçadão do Brasil, demos início às obras de macrodrenagem nos parques, implantamos o sistema de transporte BRT e investimos em educação ambiental, estando a frente na separação de lixo”, enumerou.

Tradição que continua presente nos trabalhos da gestão municipal. “Nossos faróis do saber agora também são locais de inovação e estamos desenvolvendo a muralha digital”, disse Greca, referindo-se ao projeto de videomonitoramento para auxiliar nas ações de segurança pública.

Aliados aos avanços tecnológicos, profissionais atentos e bem preparados podem ter mais resultados no serviço de proteção das pessoas e da cidade, destacou o prefeito.

“Vocês serão nossos olhos, ajudando o cidadão nos momentos de emergência, atendendo mulheres vítimas de violência, protegendo estudantes nas escolas e o rosto da cidade”, afirmou.

Aos novos guardas, o prefeito mencionou prisões recentes de responsáveis pelas pichações do Bondinho da Rua XV de Novembro e da coluna de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, na Rua Barão do Serro Azul. “Tenham orgulho da farda azul e busquem bons exemplos. Amem a cidade. É o amor a condição da missão”.

Evolução

Integrante da primeira turma de guardas municipais formados na cidade há 31 anos, o diretor da corporação, Odgar Nunes Cardoso, também deu as boas-vindas à nova turma. “Vi a Guarda de Curitiba nascer e passar por muitas dificuldades. Me orgulho da estrutura disponível hoje aos senhores, o que faz da nossa corporação referência para outras guardas do Brasil”, disse ele.

Aumento no efetivo

Esses 193 novos guardas passam agora pelo curso de formação, composto por 636 horas-aula, o que inclui na parte final o estágio supervisionado nas ruas. Somando-se aos 190 guardas já incorporados – uma turma de 60 em 2018 e outra de 130 em 2019 – a Guarda Municipal alcança um efetivo de 1.460 profissionais.

No início de 2020, a Prefeitura chamará mais 124 aprovados em concurso público.

A aula inaugural teve a presença do vice-prefeito, Eduardo Pimentel; do secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel; do superintendente de Defesa Social, Carlos Celso dos Santos Junior; do secretário de Administração e de Gestão de Pessoal, Alexandre Jarshel; do presidente do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Alexandre Matschinske; do presidente da Câmara de Vereadores, Sabino Picolo; e do diretor do Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional da GM, José Carlos Felipus Costa.