Autoridades dos Estados Unidos apreenderam nesta semana um navio da MSC (Mediterranean Shipping Co) que, na semana passada, foi encontrado com uma carga correspondente a US$ 1 bilhão em cocaína (ou 20 toneladas). O navio pertence ao JP Morgan Asset Management, de acordo com informações do The Wall Street Journal.

Com capacidade para 10 mil contêineres, o navio vale aproximadamente US$ 90 milhões e foi construído em 2018. Ele agora está ancorado no rio Delaware, perto do porto da Filadélfia, e, de acordo com as fontes do jornal, lá deve permanecer por tempo relevante.

Oito membros da tripulação, naturais da Sérvia e de Samoa, foram presos. Outros foram multados e estão sendo processados.

Executivos do setor, advogados especializados na área náutica e despachantes disseram ao WSJ que o caso não tem precedentes, considerando a escala e idade do navio.

Plantão Brasil