Em uma live realizada nesta quarta (1) com o teólogo Leonardo Boff, Lula não titubeou em chamar o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol de ‘canalhas’, além de os desafiar para um debate.

‘Aos 74 anos, eu pensei que ia parar de brigar (…). Mas eu quero provar que o Moro é um canalha, eu quero provar que o Dallagnol é um cara que montou uma quadrilha na força-tarefa, eu quero provar. Eu quero provar que o Dallagnol é um cara que montou uma quadrilha na força-tarefa, eu quero provar. Eu estou até desafiando eles para um debate, o Moro e o Dallagnol, quero que eles provem um delito que eu cometi’, afirmou.

Ele também fez duras críticas à gestão Bolsonaro, afirmando que ela ainda conta com apoio do mercado: ‘Não se enganem: o mercado quer manter o Bolsonaro. Só querem que ele seja mais ameno e pegue um pouco mais leve com a Globo. Mas eles estão adorando a política de destruição do Estado’.

Confira abaixo o diálogo entre os dois:

https://youtu.be/lzyHCxcaJQM