Foto: Cido Marques

A Escola de Samba Mocidade Azul é a campeã do Carnaval de Curitiba em 2019. Esse é o quinto título da escola, que também venceu no ano passado. A emoção tomou conta dos integrantes da escola, que acompanharam a apuração das notas, nesta segunda-feira, no Memorial de Curitiba. Em segundo lugar ficou a Acadêmicos da Realeza e em terceiro a Enamorados do Samba. 

A Escola Embaixadores da Alegria subiu para o grupo especial, no lugar da Leões da Mocidade, que no ano que vem desfilará no grupo de acesso.

“Esse título vai para nossa vice-presidente Nena Teixeira, que nos deixou depois de iniciar esse lindo trabalho. Nosso espírito é de muita alegria por ganhar esse pentacampeonato, mas também de agradecimento a ela. Foi muito empenho, que agora foi reconhecido”, disse o presidente da Mocidade Azul, Altamir Jorge Lemos.

A Mocidade Azul levou para a avenida o enredo “Carnaval é Ubuntu”, uma referência à Mãe África, berço da humanidade. Com um samba que empolgou o público durante o desfile, a escola totalizou 179,60 pontos.

A vice-campeã Acadêmicos da Realeza recebeu 179 pontos pela apresentação do enredo que conta a história da cachaça. O terceiro lugar ficou com a Enamorados do Samba, que totalizou 175,50 pontos

A apuração começou por volta das 17 horas, com as notas do grupo de acesso. Foram avaliados os quesitos bateria, fantasia, samba-enredo, alegorias e adereços, mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, enredo, harmonia e conjunto.

O corpo de jurados foi formado por 18 personalidades do meio cultural: Vitor Mendes Rodrigues, Lourival Ferreira, Gilmar Carlos da Silva, Paulo César Maia Bitture, Nemésio Xavier França Filho, Edwin Ricardo Pitre Vasquez, Maria Cristina Assis Yamada Zambenedetti, Anne Brasil de Araújo, Maristela Reinehr, Olinto Alves Simões, Eliane Inakilevich Berger, Cláudio Fontan, Diogo Cavazotti Aires, Geslline Giovana Braga, Ademir Nelson Pereira da Silva, Leandro de Souza Leal, Luiza Aparecida Ferreira e Sonia Maria Estansk.

A proclamação da escola campeã encerra a programação oficial do Carnaval 2019 em Curitiba. De acordo com o presidente da Comissão de Carnaval, Jaciel Teixeira, o evento deste ano foi um sucesso e demonstra que as escolas estão empenhadas em fazer uma festa cada vez melhor para o público curitibano. “A união de esforços da Prefeitura com as escolas resultou num carnaval excelente”, avaliou Jaciel. “O feedback que tivemos na avenida é uma demonstração disso. As pessoas elogiaram o espetáculo e a organização, e consideraram que as escolas apresentaram um nível surpreendente”, disse.


Economia criativa anima Curitiba

O Carnaval 2019 em Curitiba levou para a Rua Marechal Deodoro, eixo da folia, durante os dois dias de desfile, sábado e domingo (dias 2 e 3/3), aproximadamente 45 mil pessoas. O cálculo é da Comissão de Carnaval da Fundação Cultural de Curitiba

Turistas de diferentes cidades e curitibanos foram para a avenida prestigiar a produção carnavalesca de Curitiba e das cidades da região metropolitana. A festa popular movimentou diversos setores da economia local, com destaque para a chamada economia criativa, que abrange os negócios que utilizam a criatividade, a cultura e o capital intelectual para estimular a geração de renda.

O custo do carnaval deste ano foi de R$ 1,4 milhão – esse valor é 1.500 vezes menor que o investimento da Saúde (R$ 2,1 bilhões) e 1000 vezes menor que o da Educação (R$ 1,5 bilhão).

“O carnaval exitoso fez bem ao coração curitibano e ao meu coração de prefeito. A Prefeitura tem que estar onde o povo está”, disse o prefeito Rafael Greca, logo após a divulgação do resultado das escolas vencedoras.

“Todos fomos vencedores nos desfiles deste ano. Foi superlativa e imensa a alegria que deram a curitibanos e curitibinhas todos os blocos e escolas de samba, pierrôs, arlequins e colombinas, e até os zumbis mascarados com sua morte de mentirinha”, declarou Greca.