Diversos documentários foram realizados nas ultimas décadas mostrando como foi o período da ditadura militar, iniciada em primeiro de abril de 1964 através de um golpe militar armado. A desculpa para a ascenção ao poder de militares totalmente despreparados foi a luta “contra o comunismo”, uma falácia porque o então presidente da época, João Goulart, era um fazendeiro liberal que jamais permitiria a implantação do comunismo no Brasil – porém era honrado e honesto, e isso não interessava aos poderes da época.

A ditadura militar promoveu o atraso econômico e tecnológico do país em no mínimo 50 anos. Os maiores cientistas, escritores, músicos, artistas, professores e intelectuais do país fugiram para não serem mortos, presos ou torturados. Lideranças políticas foram assassinadas ou presas, dando espaço ao surgimento de políticos na época considerados medíocres ou corruptos, que dominaram a vida política nacional e criaram o desastre – político e econômico – em que vivemos.

Um dos melhores documentários para compreender esse período trágico da nossa história foi realizado pelo cineasta Silvio Tendler, com o título “Militares da Democracia: os militares que disseram NÃO”. O filme está acessível no youtube. Vale a pena assistir antes de repetir as mentiras e deturpações históricas da chamada “grande mídia”, que foi cúmplice e beneficiária do golpe de 64.

Assista em