O ex-ministro e presidenciável Henrique Meirelles (MDB) doou R$ 20 milhões à própria campanha; Meirelles, que registra apenas 1% das intenções de voto, declarou um patrimônio de R$ 377,4 milhões à Justiça Eleitoral – o quinto maior dentre todos os 28.125 candidatos a algum cargo eletivo em 2018 – e repassou todo o valor por meio de uma única transferência eletrônica; repasse feito por Meirelles é o maior até o momento envolvendo pessoas físicas

Brasil 247 – O ex-ministro e presidenciável Henrique Meirelles (MDB) doou R$ 20 milhões à própria campanha. Meirelles, que registra apenas 1% das intenções de voto, declarou um patrimônio de R$ 377,4 milhões à Justiça Eleitoral – o quinto maior dentre todos os 28.125 candidatos a algum cargo eletivo em 2018 – e repassou todo o valor por meio de uma única transferência eletrônica nesta segunda-feira (20).

O valor doado por Meirelles para a própria campanha é o maior até o momento envolvendo pessoas físicas. Doações superiores à do emedebista foram feitas pelos próprios partidos por meio do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, que conta com recursos públicos.

Nesta direção, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) recebeu R$ 43,3 milhões do fundo especial do PSDB, que tem direito a R$ 185,7 milhões do total de R$ 1,77 bilhão do fundo para o financiamento público de campanhas eleitorais. O MDB é a legenda que detém a maior parcela do do fundo eleitoral, com R$ 234,2 milhões.