O Essencial – DCM

Marília Mendonça e sua equipe já estavam mortos quando o resgate chegou ao local onde ocorreu a queda do avião. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa na noite desta sexta (5) pela Polícia Militar de Minas Gerais (PM-MG).

De acordo com o delegado Ivan Lopes Sales, quando os socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram ao local, constataram inicialmente três mortos, entre eles estava a sertaneja. Posteriormente, o piloto e o co-piloto foram declarados sem vida. “Quando a equipe chegou, certamente já estavam mortos”, relata.

Causa do acidente do avião de Marília Mendonça ainda não foi identificado

A perícia no espaço onde ocorreu o acidente ainda prossegue, mas o motivo do acidente ainda não foi identificado. “Não podemos falar ainda a causa da queda da aeronave. Mas é fato que há destroços de uma antena que sugere que tenha colidido ali”, diz o delegado.

O veículo caiu em uma área de cachoeira, o que dificultou o resgate. A corporação foi acionada por volta das 15h30 desta sexta (5). “O local onde estava a aeronave era muito instável, de difícil acesso. O trabalho foi feito da melhor forma possível, com todo o cuidado que merece. Tentamos, ao máximo, preservar a imagem das pessoas”, conta.