Em 17 endereços da cidade as lombadas eletrônicas da Prefeitura já estão operando com um novo sistema de informática, com câmeras digitais, ao invés das antigas analógicas, para aumentar a qualidade das imagens. Desde janeiro, a Prefeitura faz a atualização de tecnologia e manutenção de 30 lombadas eletrônicas da cidade.

Além das 17 que já voltaram a operar, outras dez ainda precisam ser aferidas pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Paraná (Ipem), órgão credenciado junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Outros três equipamentos estão em manutenção. Até o dia 20 de abril todas as 30 lombadas eletrônicas estarão operando normalmente.

Além da atualização do sistema de informática, toda a parte externa do equipamento passa por recuperação e manutenção, preventiva e corretiva. Uma nova pintura é feita e as partes danificadas são substituídas. O investimento da Prefeitura é de R$ 123,9 mil na atualização e recuperação dos equipamentos.

Boatos

Nos últimos dias circulou em redes sociais e no aplicativo de mensagens WhatsApp a informação que as lombadas eletrônicas, após passarem por esta atualização de software, passariam a multar os motoristas que estivessem sem cinto de segurança ou falando ao celular.

O coordenador de Fiscalização Eletrônica da Setran, Marcio Geferson de Souza, explica que essas informações são falsas e não passam de boatos da internet. As lombadas eletrônicas vão continuar apenas multando por excesso de velocidade, ou seja, quem ultrapassar os 40 km/h.

“Somente agentes de trânsito, ou policiais de trânsito, podem multar quem está circulando sem cinto ou falando ao celular. Lombadas eletrônicas e radares multam somente com fotografias, por excesso de velocidade”, explicou Souza.

Todas as lombadas eletrônicas possuem infravermelho, para que a fiscalização também possa ser feita durante a noite. “Os equipamentos estão instalados em locais com grande demanda de pedestres, como postos de saúde, escolas ou hospitais. A fiscalização continua sendo apenas por excesso de velocidade”, definiu Souza.

Já existem duas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contram) que regulamentam multas por videomonitoramento, mas não há previsão desta modalidade ser implantada em Curitiba.

O taxista Ricardo Felicio Orival, 29 anos, recebeu a notícia falsa que as lombadas eletrônicas passariam a filmar os motoristas infratores. “Recebi esta informação no sábado, isto está circulando em vários grupos de WhatsApp. Não dei muito crédito, eu procurei me informar antes para não espalhar notícias que não são verdadeiras”, disse Orival.

Para o taxista as lombadas eletrônicas são importantes para trazer mais segurança para o trânsito. “É uma forma de os motoristas respeitarem a velocidade, em áreas onde muitos idosos ou crianças precisam atravessar a rua”, definiu Orival.

Infrações

Trafegar sem cinto de segurança é infração grave, com 5 pontos da carteira de habilitação, e multa de R$ 195,23. Dirigir falando ao celular é infração gravíssima, 7 pontos, e R$ 293,47 de multa. Caso um agente de trânsito ou policial militar de trânsito flagre situações assim, o motorista será multado.

Lombadas eletrônicas atualizadas e em funcionamento

Rua Arnaldo Thá, 740, Fazendinha
Rua Doutor Bley Zornig, 406, Boqueirão
Avenida Cândido Hartmann, 1.787, Mercês
Rua Capitão Leônidas Marques, 1.173, Uberaba
Rua Francisco Derosso, 905, Xaxim
Rua Professor João Soares Barcelos, 2.474, Hauer
Rua Londrina, 662, Pinheirinho
Rua Professor Luiz César, 423, Água Verde
Rua Coronel Luiz José dos Santos, 2.760, Boqueirão
Rua Marte, 913, Sítio Cercado
Rua Orestes Códega, 1.164, Pinheirinho
Rua Paulo Kissula, 343, Capão da Imbuia
Rua Pedro Gusso, 545, Novo Mundo
Alameda Nossa Senhora do Sagrado Coração, 222, Pinheirinho
Rua da Trindade, 1.790, Cajuru
Avenida Senador Salgado Filho, 5.280, Uberaba
Rua Evaristo da Veiga, 2576, Boqueirão

Aguardando aferição

Rua Alberico Flores Bueno, 1.150, Bairro Alto

Avenida dos Estados, 555, Água Verde

Avenida Coronel Francisco H. dos Santos, 1.439 /1.450, Jardim das Américas

Rua João Alencar Guimarães, 1.740, Santa Quitéria

Rua João Bettega, 2.144 e 2.125, Portão

Rua Mateus Leme, 3.282, São Lourenço

Rua Paulo Kissula, 820, Capão da Imbuia

Rua Percy Feliciano de Castilho, 555, Bairro Alto

Rua da Trindade, 401, Cajuru

Rua Renato Polatti, 3350, Campo Comprido

Em manutenção

Rua Antônio Escorsin, 141, Santa Felicidade

Rua Rodolfo Bernardelli, 721, Uberaba

Rua Coronel Rivadávia Pereira de Morães, 431, Xaxim

 

 

Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba