Leonardo Boff e Jair Bolsonaro (Foto: Guilherme Santos/Sul21 | Carolina Antunes/PR)

Cepa de Manaus e a incompetência deliberada de Jair Bolsonaro podem ser a alegação para a ocupação do Brasil

247 – “PENSANDO NO PIOR: Caso se constatar que o vírus amazônico que invadiu todo o país e já chegou nos Estados Unidos se mostrar tão letal que as atuais vacinas serão ineficazes, poderemos impedir a ocupação do Brasil por uma força internacional de salvação da humanidade e a destituição do homem?”, questionou o teólogo Leonardo Boff, em suas redes sociais.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247:

—————————————————————————————————————-

Marcia Tiburi também aponta risco de intervenção internacional no Brasil

Professora e filósofa diz que o Brasil nasceu como colônia neoliberal e se tornou o campo de cultivo do vírus a espalhar-se pelo mundo

247 – “O Brasil é uma colônia, ou seja, um campo de exploração da terra e uma plantação onde se explora o trabalho de pessoas. De colônia neoliberal, nascida com o capitalismo, agora o Brasil se torna a colônia do vírus, seu campo de cultivo a espalhar-se pelo mundo, perigosamente”, postou a professora e filósofa Marcia Tiburi em suas redes sociais.

“A eleição dos fascistas por meio da democracia, confirma o destino de colônia mental e política de nosso país. O fascismo por aqui é diferente do fascismo dos países ricos. O sentido dos jogos sadomasoquistas muda conforme as condições geopolíticas”, escreveu.

“Que venha a ocorrer uma intervenção internacional para conter Bolsonaro e a proliferação de variantes do vírus, é a confirmação da catástrofe da colonização, nossa raiz e nosso destino se não mudarmos o rumo da nação”, finalizou.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais: