Brasil 247 – O jornalista Hyury Potter afirma no Intercept Brasil que, nas semanas seguintes a novembro de 2008, quando o estado Santa Catarina ficou devastado por causa das chuvas, o Instituto Ressoar, fundação de caridade criada pela TV Record em 2005, lançou uma campanha de assistência social e “arrecadou R$ 10,5 milhões – o suficiente para construir, segundo a empresa, cerca de 700 casas”.

“Dez anos depois, no entanto, quase metade dos moradores cadastrados pelas prefeituras das cidades atingidas pela enchente ainda aguarda as casas prometidas. Boa parte dos que foram alojados segue sem o título de propriedade, e mesmo o Ressoar não soube informar que fim levaram as residências – e o dinheiro das doações. A instituição informou, por telefone, que ‘não possui qualquer registro sobre o projeto Reconstruindo Santa Catarina, uma vez que a equipe de trabalho não é mais a mesma da época’. No dia 9 de janeiro, voltamos a entrar em contato com o Instituto, questionando o motivo das construções não terem sido finalizadas e o destino do dinheiro arrecadado não utilizado. Mais uma vez, silêncio”.

Leia a íntegra no Intercept Brasil