Uma comissão da Secretaria da Educação e o líder do Governo do Paraná na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri, se reuniram nesta terça-feira com representantes do sindicato dos professores da rede estadual para ouvir as demandas da categoria e apresentar as propostas da pasta para o fortalecimento da gestão pedagógica das escolas.

Uma das pautas discutidas diz respeito à redefinição da carga horária dos pedagogos. A orientação da secretaria é para que todas as escolas tenham pedagogos todos os dias da semana e em todos os turnos. Assim, estes profissionais devem a cumprir 20 horas-relógio (60 minutos) semanais.

A medida tem embasamento legal e garante o atendimento aos alunos e ao corpo docente dos colégios estaduais. O sindicato reivindica a manutenção de 20 horas-aula (50 minutos), como era feito até o ano passado, com quatro dias de trabalho por semana.

O entendimento da Secretaria de Educação é de que a permanência dos pedagogos nas escolas diariamente é essencial para auxiliar professores e diretores, melhor atender aos alunos e pais e para garantir uma gestão pedagógica de qualidade, que responda às necessidades do cotidiano escolar.

Em atenção ao exposto pela APP Sindicato, a secretaria reavaliará a possibilidade da distribuição da carga horária de pedagogos, levando em conta as necessidades da escola e garantindo a presença de um pedagogo por turno diariamente.

DISTRIBUIÇÃO – Outra ação da Secretaria é a criação, nos próximos dias, de um Grupo de Trabalho formado por representantes da pasta e dos profissionais, para dar início ao planejamento do processo da distribuição de aulas para o ano letivo de 2020.

“Mantemos a posição de acolhida da secretaria, a fim de viabilizar o fortalecimento da gestão pedagógica e o melhor atendimento às necessidades das escolas, o que acreditamos ser também o compromisso dos profissionais da Educação”, disse o superintendente da Educação Raph Gomes Alves.

ABERTURA – O deputado Hussein Bakri, que também é presidente da Comissão de Educação da Assembleia e foi o responsável pela intermediação do encontro, destacou que a reunião reforça a abertura do Governo do Estado ao diálogo.

“A orientação do governador Ratinho Junior é sempre o diálogo. Somente assim todos sairão ganhando: professores, governo e, sobretudo, os alunos”, disse Bakri.