O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, destacou esta semana, em seminário sobre a saúde pública no Paraná, que o “Governo do Estado reforça seu compromisso em manter o apoio aos hospitais filantrópicos que têm ampliado serviços à população pelo sistema público. Com o Hospsus foi possível elevar a participação dos hospitais públicos e filantrópicos nas redes de atenção à saúde”, disse.

 

Lançado em 2011, o Hospsus beneficia hospitais de alta complexidade que são referências regionais para as redes Mãe Paranaense e Paraná Urgência, hospitais e maternidades de média e baixa complexidade para qualificação do parto e hospitais municipais e instituições filantrópicas de pequeno porte.

 

Atualmente, o programa atende 263 hospitais públicos e filantrópicos. Nos últimos seis anos estas instituições receberam do Governo do Estado cerca de R$ 710 milhões para custeio dos serviços e cerca de R$ 120 milhões para serem aplicados em obras e compra de equipamentos, o que proporcionou a criação de 792 novos leitos de UTI no Paraná, entre outros importantes resultados.

 

Com o tema ‘Política e Gestão: seus reflexos na saúde’, o evento contou com a presença de gestores e demais profissionais da área que puderam assistir palestras sobre temas relevantes do setor, tais como a união de esforços entre instituições públicas e privadas para aprimorar serviços e as perspectivas para 2018.