Governador Beto Richa recebe atores e diretores do Festival de Teatro de Curitiba, acompanhados do secretário estadual da Cultura, João Luiz Fiani. Na foto, a atriz Regina Duarte. Foto: Orlando Kissner/ANPr

O governador Beto Richa recebeu nesta terça-feira (04), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o diretor do Festival de Curitiba, Leandro Knopfholz, atores e diretores teatrais que participam da 26a edição do evento, atualmente em cartaz na capital paranaense. A atriz Regina Duarte,  o diretor teatral Edson Bueno, o iluminador Beto Bruel,  o ator Jarbas Homem de Mello  e o secretário de Cultura, João Luiz Fiani, também participaram do encontro.

O Governo do Paraná cede estrutura e, através de empresas públicas, contribui com patrocínios ao evento. “A cultura e a educação são caminhos transformadores da sociedade. Sempre que podemos, procuramos incentivar estas áreas que acreditamos serem essenciais. E hoje temos condições melhores de ajudar, com os ajustes que fizemos no Governo”, afirmou o governador.

APOIO FUNDAMENTAL – O Festival de Curitiba é um dos mais importantes eventos teatrais do país e referência nacional do gênero. Na edição deste ano, que termina no dia 9 de abril, estão sendo apresentados 210 espetáculos, que variam entre dança, circo, stand-up, improviso e teatro.

“Não conseguiríamos fazer o festival sem o apoio do Governo”, afirmou Leandro Knopfholz. “O Governo do Estado valoriza a cultura. A interlocução e o diálogo constante com a classe artística mostram a sensibilidade desta gestão”, declarou o diretor. RECURSOS – O governador ressaltou os avanços promovidos pelo Estado para a área, como a liberação de mais de R$ 30 milhões, via renúncia fiscal, para custear os projetos culturais pelo Programa de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (Profice).

Além dos investimentos via Profice, o governo anunciou, no mês passado, cerca de R$ 1.2 milhão de recursos para o prêmio Arte Paraná e para o projeto Domingo tem Teatro.

VITRINE – A diretora do musical Roque Santeiro, de Dias Gomes, Débora Dubois, participou do encontro e enfatizou a importância do Festival de Curitiba como uma vitrine para os profissionais. “É um evento cultural de altíssimo nível que oportuniza circularmos entre os maiores nomes do teatro do Brasil”, avaliou.

Para a diretora, que se apresenta pela primeira vez na capital, o Festival tem efeito impactante na carreira. “Além de apresentarmos o trabalho ao público paranaense, que é considerado crítico e exigente, trocamos experiências com outros profissionais. O teatro tem uma força muito grande e este Festival é disputado entre nós”, afirmou.

 

Agência Estadual de Notícias