A Fundação de Ação Social (FAS) não pede nem autoriza ninguém a pedir doações em seu nome. O alerta se deve ao fato de três homens terem usado o nome da fundação para obter contribuições em doces e dinheiro para crianças em situação de vulnerabilidade. O caso ocorreu nesta quinta-feira (4/10), na Rua da Cidadania do Boqueirão.

A FAS ressalta que recebe apenas doações espontâneas de roupas, calçados, cobertores, móveis e outros bens duráveis por meio do Disque Solidariedade. Todas as doações são destinadas a usuários dos serviços da FAS. As pessoas que desejam contribuir podem solicitar a coleta dos materiais por meio da Central 156, canal de comunicação da Prefeitura com a população, ou entregar diretamente no Disque Solidariedade, que fica na sede da FAS, na Rua Eduardo Sprada, 4520.