Prefeito Rafael Greca participa da Festa da Pátria Brasileira na Regional do Fazendinha. Foto: Lucilia Guimarães

A encenação do Grito do Ipiranga e a presença de várias famílias com bandeiras do Brasil marcou a segunda comemoração da Semana da Pátria em Curitiba. O evento da Regional Portão aconteceu neste sábado (1/9), com desfiles e música na Rua Frederico Lambertucci, no bairro Fazendinha.

O prefeito Rafael Greca fez questão de reforçar a necessidade de os cidadãos retomarem o protagonismo incentivado por Dom Pedro I, ao anunciar a entrada do soldado do Regimento de Polícia Montada Coronel Dulcídio, que repetiu o grito dado pelo Príncipe Regente há 196 anos.

“A Pátria somos nós que fazemos. Não são só os militares, médicos, engenheiros, políticos e professores”, destacou. “O Brasil nascerá novamente da vontade livre do povo”, completou, lembrando do momento eleitoral do País.

Para a dona de casa Margarida Grappe, que junto com a família assistiu ao desfile do quintal de casa, a Semana da Pátria é um bom exemplo. “Esse tipo de demonstração de amor ao País incentiva as crianças a pensarem em um futuro melhor”, disse.

Pelo mesmo motivo, o baiano Demeval Bispo Cortes, que adotou Curitiba como lar há 10 anos, assistiu ao desfile acompanhado da filha Aline e da sobinha Kellyane, as duas com 11 anos. “Elas são o futuro do Brasil, é importante que saibam valorizar o pátria”, concordou.

Com as duas netas gêmeas participando do desfile, a dona de casa Luzia Guimarães, contou que dificilmente perde este tipo de evento. “Temos que incentivar as crianças a gostarem também”.

Participações: O desfile contou com a Banda Lyra Curitibana. Entre as escolas municipais presentes, estiveram os Centros Municipais de Educação Infantil Estrela, Guilherme Canto Darin, Santa Amélia; o Centro de Educação Infantil São Luiz Orione; as Escolas Municipais, Marçal Justen, Papa João XXIII, Nova Esperança, José Anchieta, São Luiz e Nansyr Cecato Cavichiolo, também com uma turma de educação especial.

Três colégios estaduais e a Banda da Escola Social, Cultural e Educacional Fazenda Rio Grande também desfilaram. Junto com elas, associações de apoio, assistência a pacientes com câncer e associações beneficentes, motoclubes e clubes de carros antigos. Na passagem da Escola de Samba Mocidade Azul, em ritmo de samba, o prefeito Rafael Greca desceu para acompanhar.

Grupos da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, das assessorias dos Diretos das Pessoas com Deficiência e das Políticas das Mulheres marcaram presença na comemoração, que foi encerrada pela passagem do Exército Brasileiro, Colégio da PM, Colégio da Vila Militar, BPTran, Polícia Rodoviária, BOPE, Corpo de Bombeiros, Grupo Tigre e Guarda Municipal.

Presenças: Estiveram presentes os secretários municipais da Educação, Maria Silvia Bacila; do Esporte, Lazer e Juventude, Emílio Trautwein; da Comunidação Social, Israel Reinstein; e a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro. Além do superintendente da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos Júnior; e do diretor-geral da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso. O comandante do 1º Grupamento de Bombeiros, Tenente Coronel Samuel Prestes; e o administrador da Regional Portão, Gerson Gunha também acompanharam as apresentações.