Revitalização da iluminação na Praça do Japão. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Ponto de encontro. Marca do bairro. Cartão-postal da cidade. Jardinetes, bosques, praças e parques são espaços públicos necessários para o lazer e para equilibrar o meio ambiente urbano. Para que esses locais estejam sempre à disposição da população, tanto de dia quanto no período noturno, o Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Obras Públicas fez, no primeiro trimestre de 2019, a revitalização dos sistemas que iluminam 21 logradouros.

Os serviços chegaram também a ruas, à Estrada da Ribeira e à Linha Verde para garantir melhor iluminação para pedestres e motoristas. “Nosso trabalho foi levado a 43 pontos da cidade neste primeiro trimestre. Além dos espaços de convivência públicos, vias por onde passam pessoas e veículos hoje estão melhores iluminados”, dz Rodrigo Rodrigues, secretário municipal de Obras Públicas, ao destacar também a modernização do sistema de iluminação iniciada na Avenida Sete de Setembro, onde serão substituídas 240 luminárias de vapor de sódio, que hoje são compostas por lâmpadas de 400W, por luminárias de LED de 210W.

Encravada entre Batel e Água Verde, a Praça do Japão é frequentada por moradores da região e faz parte da história dos bairros. No local foram trocados os postes ornamentais e feitas a revisão da iluminação cênica do memorial japonês e a instalação de 11 luminárias decorativas no jardinete anexo à praça. No ano passado também foram implantados projetores de piso para iluminar a escultura da artista Tomie Ohtake.

Conforme explica o diretor do Departamento de Iluminação, Tony Malheiros, as intervenções buscam dar mais eficiência energética aos sistemas instalados nos espaços públicos. “O avanço da iluminação proporciona mais economia de energia, mais conforto visual e, até, mais segurança para que as pessoas ocupem praças e parques também durante à noite, quando as temperaturas são mais agradáveis para a prática de exercícios físicos”, diz.

Nos primeiros meses de 2019 também receberam melhorias de iluminação as praças Humberto Bertoldi (CIC), Napoleão Cortes Filho (Sítio Cercado), Hilda Amaral Visinoni (Alto Boqueirão), Antonio Gunha (Vila Izabel), Jornalista José Ericksen Pereira (Pilarzinho), Coronel Adélio Conti (Bacacheri), Coronel Luiz Gonzaga da Rocha (Tarumã) e Vêneto (Botiatuvinha).

Bosques

No Campo Comprido, o Bosque Túlio Vargas adorna com riqueza a Rua Robert Redzimski. A pista de caminhada ganhou novas luminárias. Os postes foram trocados e hoje têm refletores mais potentes, de 400 watts, e o estacionamento também ficou mais iluminado. “Tentamos, sempre que possível, se antecipar às necessidades da população para manter o ambiente agradável desses lugares de uso comum”, aponta Malheiros.

Obras de melhoria do sistema de iluminação também alcançaram os bosques de Conservação da Biodiversidade Urbana (BCBU) do Tatuquara, Diadema (CIC) e dos 300 anos (Sítio Cercado).

Parques

Os parques Barigui e Tanguá ganharam mais luz. Na Alameda Burle Marx, que liga a Avenida Cândido Hartmann e a Rodovia do Café cortando o Parque Barigui, foram substituídos 22 postes e neles instaladas 22 novas luminárias de LED, que são mais duráveis e garantem mais luminosidade. Todo o conjunto de dutos, cabos e caixas de passagem de energia elétrica também foi renovado.

O Parque Tanguá agora tem 98 postes novos, entre eles 11 ornamentais, e com 180 luminárias, sendo 161 luminárias de LED, mais modernas e eficientes. “Nossas equipes trabalham para evitar transtornos para os visitantes dos parques e levar o benefício da nova iluminação”, disse Malheiros.

Em 2019, também foram feitas melhorias nos parques Caiuá, Náutico, Nascente do Rio Belém e Barreirinha.

Jardinetes

O Jardinete Syro Simão, no encontro das ruas José Bajerski e Manoel Aranha, no Abranches, recebeu entre os dias 20 e 22 de março novos postes e refletores mais potentes, de 250 watts. No Santa Cândida, o Jardinete Hedwirges Nadolny também recebeu, no dia 20 de fevereiro, um novo poste com refletores de 250 watts.

Além dos 21 espaços públicos, monumentos reconhecidos tiveram o sistema de iluminação revitalizado neste início de ano. “Colocamos novos projetores no Leão Alado da Avenida Manoel Ribas e no Memorial Árabe; balizadores no rio de pinhões do Memorial de Curitiba; e a Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais teve suas características arquitetônicas valorizadas com a instalação da nova iluminação cênica”, lista Malheiros ao lembrar que seguem em ritmo acelerado os serviços de manutenção das luminárias de ruas e avenidas e a substituição de 16 mil pontos de iluminação por equipamentos em LED.