Plantão Brasil – “Tivemos a triste notícia do rompimento de uma BAGAGEM DE DEJEITOS em Brumadinho” -. Jair Messias Bolsonaro

Putin presta condolências a Bolsonaro pela tragédia em Brumadinho

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, prestou condolências ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pela tragédia em Brumadinho que, segundo os últimos dados, deixou 40 mortos e 250 desaparecidos.

“Receba as profundas condolências pelas consequências trágicas da catástrofe no estado de Minas Gerais. Peço para transmitir aos familiares e amigos dos falecidos as palavras de solidariedade mais profunda e de apoio, bem como os votos de rápidas melhoras a todos os feridos”, lê-se no telegrama publicado no site oficial do Kremlin.

No início da tarde de 25 de janeiro, a barragem da Mina do Feijão em Brumadinho, Minas Gerais, se rompeu e despejou 12 milhões de metros cúbicos de lama na cidade, destruindo casas ao redor e a área administrativa da mineradora Vale.

Segundo os dados preliminares, o incidente causou 40 mortos e 250 desaparecidos. As buscas estão prosseguindo. Já foram resgatadas 366 pessoas.

Há três anos e dois meses, outra tragédia semelhante a Brumadinho ocorreu no estado de Minas Gerais, no município de Mariana, tendo deixado pelo menos 18 mortos e se tornado o maior desastre ambiental da história do país.

Sputnik Brasil