DCM

Do Município de Blumenau:

Em escândalo mais recente, na semana passada, Ronaldinho Gaúcho e seu irmão e também empresário Roberto de Assis Moreira foram presos em uma cela especial da Agrupação Especializada da Polícia Nacional, em Assunção, Paraguai. De acordo com o Ministério Público paraguaio, ambos tentaram entrar no país com passaportes falsos.

Anos antes disso, porém, o ex-jogador de futebol já havia comprado carteira de habilitação falsa em Joinville, de acordo com Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul.

Em uma reportagem exibida no último domingo, 8, o programa Esporte Espetacular relembrou o caso, que aconteceu em março 2001. O site do Detran gaúcho mostra que o jogador teria pago R$ 400 pelo documento falso.

(…)