Economista que previu crise de 2008 avisa sobre bolha em toda a economia dos EUA

Wall Street e a economia dos EUA estão à beira de uma recessão, disse o CEO da corretora de valores Euro Pacific Capital, Peter Schiff, comentando a forte queda das bolsas norte-americanas desta semana.

“Há uma bolha não apenas no mercado de ações, mas em toda a economia”, disse o financista ao canal Fox News. Schiff prevê uma recessão, acompanhada pelo aumento dos preços ao consumidor, que seria “muito mais dolorosa” que a Grande Recessão de 2007-2008.

“Acho que os norte-americanos vão perder os seus empregos, assistirão ao aumento dramático do custo de vida, e isso vai ser particularmente doloroso”, disse ele.

As bolsas norte-americanas fecharam em queda na quarta e quinta-feira. Os dois principais índices bolsistas dos EUA, Dow Jones Industrial Average e S&P 500, atingiram o menor nível desde fevereiro.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que a Reserva Federal (Fed, banco central dos EUA) é o responsável pela queda nas bolsas devido à sua política de aumento de taxas de juro. Trump declarou que a Reserva Federal está “enlouquecendo”.

Schiff está de acordo que as ações da Reserva Federal são irracionais e que, aumentando as taxas de juro, o banco central está contribuindo para o crescimento da bolha financeira na economia dos EUA. Ele apontou também que a bolha atual é a maior desde a de 2008.

Sputnik Brasil