A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou que a Procuradoria Geral da República irá ajuizar ações judiciais de impugnação contra todos os candidatos cuja candidatura esteja vetada pela Lei da Ficha Limpa, incluindo os condenados por órgão colegiado; Lula tem 58% dos votos válidos e está preso para ser impedido de disputar eleições, como apontam as maiores lideranças do mundo, como o senador Bernie Sanders, político mais popular dos Estados Unidos’

Brasil 247 – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou que a Procuradoria Geral da República irá ajuizar ações judiciais de impugnação contra todos os candidatos cuja candidatura esteja vetada pela Lei da Ficha Limpa, incluindo os condenados por órgão colegiado.

Durante reunião com procuradores regionais eleitorais, Dodge anunciou também que o Ministério Público vai pedir a devolução de todo recurso público usado na campanha eleitoral por político que já seja enquadrado na Ficha Limpa e cuja candidatura venha a ser impugnada pela Justiça Eleitoral.

“Assinei uma instrução normativa no âmbito da [minha] atribuição eleitoral que visa instruir os procuradores regionais eleitorais sobre uma questão que é importante. […] Orienta que todos os promotores e procuradores ajuízem ação de impugnação ao registro, com base na lei complementar 64, [como na] existência de condenação transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado”, disse Dodge.

O ex-presidente Lula tem 58% dos votos válidos e está preso para ser impedido de disputar eleições, como apontam as maiores lideranças do mundo, como o senador Bernie Sanders, político mais popular dos Estados Unidos’.