Além de mais opções de atividades recreativas, 2018 foi marcado pela entrega de grandes equipamentos para a população poder se exercitar gratuitamente. – Na imagem, Centro de Esporte e Lazer (CEL) Afonso Botelho, no Água Verde. Foto: Levy Ferreira/SMCS

Após os ajustes iniciais em 2017, com a retomada de alguns projetos e novas diretrizes, a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) conseguiu finalizar importantes obras para a população e promover novas ações gratuitas.

“Neste ano avançamos e entregamos novos espaços para a população se exercitar. Queremos uma cidade mais alegre e saudável”, disse o secretário do Esporte, Lazer e Juventude, Emílio Trautwein.

Uma das novidades foi a criação dos Jogos do Piá, que reúnem pipas, carrinhos de rolimã, bolinha de gude, betes, futebol de dedo, pião, pingue-pongue e amarelinha em parques e praças.

Em 13 edições, de junho a outubro, os Jogos do Piá tiraram de casa 40.337 pessoas.

Muitos curitibinhas tiveram contato com brincadeiras que, anos atrás, fizeram a alegria dos pais e avós. Luciana Maia foi com a filha Leticia, de 7 anos, soltar pipas no Parque Barigui. “É bacana, porque muitas vezes as crianças ficam em ambientes fechados e não aproveitam atividades ao ar livre”, afirmou Luciana.

Marcio Conte gostou de jogar futebol de dedo com o filho Leonardo. “É uma oportunidade muito boa de as crianças conhecerem essas brincadeiras”, disse Conte.

Novos endereços

Além de mais opções de atividades recreativas, 2018 foi marcado pela entrega de grandes equipamentos para a população poder se exercitar gratuitamente.

No primeiro semestre do ano foram inauguradas a revitalização do Centro de Esporte e Lazer (CEL) Dirceu Graeser, na Praça Oswaldo Cruz, e do CEL Afonso Botelho, no Água Verde. Também foram entregues os novos Clubes da Gente do Boa Vista e de Santa Felicidade. Somente nestes quatro equipamentos, a Smelj atende uma média de 29,5 mil pessoas por mês.

Em novembro também começaram a funcionar as praças olímpicas da CIC e do Cajuru, com atividades gratuitas de iniciação e treinamento de futsal, basquete, vôlei, judô, esgrima, handebol, taekwondo, ginástica e aulas de dança.

No Cajuru também serão feitos treinamentos de atletismo em uma pista de 100 metros, arremesso de peso e salto em distância. Os ginásios foram construídos com recursos federais do Ministério dos Esportes e contrapartida do município.

Os investimentos nas duas obras foram de R$ 9 milhões, sendo R$ 7,2 milhões de verbas federais e R$ 1,9 milhão de contrapartida do município. Os dois equipamentos vão atender cerca de quatro mil pessoas por mês.

O Centro de Iniciação ao Esporte – Praça Olímpica do Cajuru, complexo esportivo Nelson Comel fica ao lado do Parque Peladeiros, no Cajuru.

Já o Centro de Iniciação ao Esporte – Praça Olímpica da CIC fica na Rua Sebastião Ribeiro Batista, s/n, Praça da União, CIC.

Touché

O ano também foi marcado pelo início do treinamento em esgrima, na Escola Pública de Esgrima da Prefeitura na Afonso Botelho e pela entrada dos brinquedos inclusivos nas escolas municipais da cidade.

As aulas, no novo prédio do CEL Afonso Botelho, começaram em abril e são ofertadas todos os dias da semana. Entre os praticantes estão crianças que estudam na rede municipal de ensino e participam do programa Escola + Esporte = 10 (EE10). As aulas são abertas a todos que tiverem interesse e reúnem desde crianças de 6 anos até adultos de 50 anos.

Na área de inclusão, a Smelj começou a comprar os kits de brinquedos inclusivos para crianças com deficiência poderem se divertir. O kit é composto por uma balança, gangorra, tirolesa e um skate. Todos são adaptados para crianças com e sem deficiência brincarem juntas.

Durante os dias de semana os kits vão ficar nas escolas municipais e aos fins de semana serão usados nos eventos promovidos pelas Administrações Regionais. A previsão é que em 2019 todas as dez regionais tenham um kit dos brinquedos inclusivos.

Topo do pódio

Na área esportiva, o incentivo da Prefeitura a atletas também trouxe resultados expressivos. Curitiba foi tricampeã dos Jogos da Juventude do Paraná (Jojups) e heptacampeã dos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (Parajaps).

Em 2018 também aumentou o número de atletas beneficiados pela Lei de Incentivo ao Esporte da Prefeitura, foram aprovados 425 projetos neste ano, atingindo cerca de 10 mil atletas apoiados. Em 2017 foram contemplados 394 projetos de incentivo.

 

EVOLUÇÃO

Virada Esportiva

35 mil pessoas em 2017 e 65 mil em 2018

 

Idosos em movimento

20.175 atendimentos em 2017 e 86.177 em 2018

 

Pedala Curitiba

11,1 mil participações em 2017 e 20.191 em 2018

 

Festival de Férias

17.753 participações em 2017 e 19.500 em 2018

 

Circuito Adulto de Corridas de Rua

16.192 participações em 2017 e 23.397 em 2018