Uma oração contra a prostituição e a corrupção no Brasil abriu na quinta-feira passada a Marcha Para Jesus, que atraiu uma multidão de evangélicos por ruas do centro e da zona norte de São Paulo. Criador do evento, o apóstolo Estevam Hernandes, líder da Igreja Renascer em Cristo, também defendeu a permanência do presidente Michel Temer (PMDB) e as reformas da previdência e do trabalho, propostas pelo governo.

O apóstolo também se posicionou contrário à saída do presidente Michel Temer. “Particularmente, sou favorável que termine esse mandato por causa de todo o trauma que a nação tem passado”, disse. “Mas não que eu, ou nós, tenha um apoio explícito ao governo Temer.”

Para ele, se houver “sustentação do Congresso”, Temer “pode chegar ao final do mandato”. “Agora, a gente sabe que está extremamanete complicado”, disse o apóstolo, que defendeu, ainda, as reformas propostas pelo governo. “Isso é fundamental para o Brasil, para que a economia volte a crescer e para que a gente tenha uma retomada do que é mais fudamental: o emprego.”

O bispo Leonardo Migliolo, da Renascer, afirmou que o objetivo da Marcha é “orar pelo País”. “Orar pelo presidente, pelo governador, pelo prefeito”, disse. “Para que Deus possa conduzir com sabedoria toda essa situação que o País está enfrentando.”

 

Plantão Brasil