Prefeito Rafael Greca entrega ao lado do vice-prefeito Eduardo Pimentel, do presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto e do presidente do Setransp, Mauricio Gulin, 50 novos ônibus.  Foto: Pedro Ribas/SMCS

O prefeito Rafael Greca apresentou nesta terça-feira na Praça Rui Barbosa mais 50 ônibus que passam a integrar a frota de transporte coletivo da capital. Com esses novos veículos, somam 317 ônibus novos desde dezembro de 2017, a maior renovação dos últimos anos. Ao todo, a Prefeitura de Curitiba renovou 25% da frota de ônibus operante em apenas dois anos.

Os novos ônibus vão atender as regiões do Sítio Cercado, Pinheirinho, CIC e Tatuquara.

“Estamos entregando 317 ônibus, 17 a mais do que o prometido para o ano e chegaremos a 450 veículos no aniversário de Curitiba em março. Temos o compromisso com a população de oferecer um serviço de qualidade. Temos um metrô sob pneus que custa mil vezes menos que um metrô ferroviário e que transporta 1,2 milhão de passageiros por dia”, disse Greca.

O processo de renovação dos ônibus do transporte coletivo de Curitiba, retomado em dezembro de 2017 pelo prefeito Rafael Greca, depois de mais de quatro anos parado, evitou e cessou o envelhecimento da idade média da frota operante.

Caso nada fosse feito, hoje os 1.250 ônibus que transportam diariamente 1,23 milhão de passageiros estariam juntos com uma idade média de quase uma década, 9,8 anos. De 2013 até o fim de 2017 nenhum ônibus novo havia sido adquirido e assim, a idade média da frota aumentava continuamente. Com a renovação já feita, ela está em 7,43 e chegará a 7,02 anos com os novos ônibus.

“Esse processo nunca deveria ter sido interrompido, pois gerou um grande acúmulo de frota vencida e prejuízo para a cidade. O esforço de retomada da renovação foi grande e não poderá parar”, destaca Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs)

Principal meio de deslocamento dos cidadãos curitibanos, o sistema de transporte da capital conta atualmente com 254 linhas urbanas operadas por três consórcios de empresas privadas que disponibilizam uma frota operante de 1.231 ônibus.

As linhas realizam, em média, 14,1 mil viagens por dia, percorrendo mais de 273 mil quilômetros.

Os 50 veículos entregues hoje são do tipo comum (motor dianteiro, de 12 metros de comprimento, cor laranja) para operação nas linhas convencionais e alimentadoras. O chassi é Mercedes Benz OF1721L, a motorização é EURO V/PROCONVE P7, e o ônibus tem capacidade para 87 passageiros. Serão 30 ônibus da empresa Sorriso e 20 da Redentor.

Outros equipamentos

O veículos contam com quatro câmeras internas, dois  espaços para cadeirantes, sistema de monitoramento por câmeras, sinais sonoro e visual de fechamento das portas, plaqueta com o prefixo do ônibus em braille, mensagem de voz na solicitação de parada do cadeirante, 20% de bancos destinados às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e iluminação interna em LED.

Presenças: Estiveram presentes à apresentação dos ônibus, o vice-prefeito Eduardo Pimentel, o presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), Mauricio Gulin, o administrador da regional da Matriz, José Dirceu Matos, o presidente da Cohab, José Lupion Neto, o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Emilio Antonio Trautwein, o presidente da FAS, Thiago Ferro e o vereador Oscalino do Povo, além de representantes de empresas e funcionários da Urbs.