O candidato do PT ao governo do Estado, ex-deputado federal Dr Rosinha, foi vítima hoje de um atentado à bomba na rua XV, em pleno centro de Curitiba. Segundo nota divulgada pela campanha do petista, ele panfletava no local quando um desconhecido teria jogado uma bomba no candidato. O Dr Rosinha não ficou ferido.

“O candidato repudia veementemente qualquer ato de violência que fere não apenas candidatos, mas sobretudo a democracia. Não é aceitável que, em pleno 2018, o ódio tenha se tornado o combustível da política”, diz a nota.

Recentemente Dr. Rosinha condenou o ataque ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), esfaqueado durante um evento de campanha na semana passada. Ele também condenou suposta agressão da Polícia Militar e da Guarda Municipal contra os candidatos a deputado estadual Edna Dantas e Renato Freitas, do PT.

A impunidade nos atos terroristas contra políticos de esquerda no Paraná tem incentivado ações desse tipo. Até hoje o atentado terrorista contra a caravana do ex-presidente Lula, que sofreu disparos de armas de fogo, não foi esclarecido, assim como os disparos de arma de fogo contra o acampamento Maria Letícia nas proximidades da sede da Polícia Federal em Curitiba meses atrás.