“Cuba Urgente! Coréia do Norte News! Véio da Havan manda no Sistema Bozo de Televisāo e pede a cabeça de Sherazade. Record afasta Paulo Henrique Amorim sob pressão bolsonarista!”, postou o colunista

Brasil 247 – As pressões contra jornalistas críticos ao bolsonarismo levaram o colunista Zé Simão a ironizar o ambiente midiático no Brasil pós-Bolsonaro. “Cuba Urgente! Coréia do Norte News! Véio da Havan manda no Sistema Bozo de Televisāo e pede a cabeça de Sherazade. Record afasta Paulo Henrique Amorim sob pressão bolsonarista!”, escreveu. Ontem. PHA foi afastado de seu programa na Record.

O jornalista Paulo Henrique Amorim ficará afastado por um período após 14 anos ininterruptos no programa Domingo Espetacular, da TV Record.

Editor do blog de esquerda Conversa Afiada, PHA vinha sendo motivo de pressão bolsonarista contra a emissora, que é apoiadora do governo, por suas críticas ao presidente e, mais recentemente, ao ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Segundo o colunista Daniel Castro, do Notícias da TV, “a Record convocou o apresentador para uma reunião na tarde desta segunda-feira (24) e lhe comunicou que ele está fora do programa. Amorim, que tem contrato até 2021, não será demitido.

A Record confirmou a informação e disse que Amorim, com “sua experiência e talento”, poderá ser alocado em novos projetos da diretoria de Criação de Jornalismo.