Denúncia será apresentada pelo Psol depois que Jair Bolsonaro, com 12 pessoas infectadas em sua comitiva, saiu apertando as mãos de seguidores fanáticos

247 – Jair Bolsonaro será denunciado à Organização Mundial de Saúde por expor a população brasileira ao risco de morte por coronavírus – um vírus altamente letal, que provoca preocupações em todo o mundo, O anúncio da denúncia foi feito pelo deputado Marcelo Freixo (Psol-RJ):

Marcelo Freixo

@MarceloFreixo

12 pessoas que estiveram com Bolsonaro em Miami estão com o coronavírus. Hoje o presidente mostrou que está se lixando p/ a vida dos brasileiros e participou do ato em Brasília. Nós do @psolnacamara vamos denunciá-lo à OMS. Bolsonaro se comporta como um líder de facção fanático.

……………………………………………………

Bolsonaro tem contato direto com ao menos 272 pessoas durante ato, mostra vídeo

O ocupante do Planalto manuseou pelo menos 128 celulares, trocou ao menos quatro objetos com a plateia, entre eles um boné, que vestiu, e cumprimentou 140 pessoas

247 – Jair Bolsonaro teve contato direto com 272 pessoas ao participar neste domingo (16) das manifestações contra o Congresso Nacional e contra o Supremo Tribunal Federal. O ocupante do Planalto foi bastante criticado por convocar atos, enquanto o ministério da Saúde recomenda que as pessoas evitem aglomerações para não aumentar os casos de coronavírus no Brasil. O número foi divulgado pelo jornal O Estado de S.Paulo, após análise a partir de filmagem publicada na página do Facebook de Bolsonaro.

O ocupante do Planalto manuseou pelo menos 128 celulares, trocou ao menos quatro objetos com a plateia, entre eles um boné, que vestiu, e cumprimentou 140 pessoas, de acordo com o levantamento. Nos primeiros 50 minutos do vídeo, uma parte dos cumprimentos são com “soquinhos” nas mãos das pessoas ou apertos de mãos. Nos cinco minutos finais de interação, ele alcança pelo menos 80 apoiadores correndo com a mão estendida e cumprimentando várias pessoas na sequência.