Prefeito Rafael Greca acompanha a instalação da estação Tubo Vale do Pinhão na Av. Iguaçu. Foto: Luiz Costa /SMCS

A Avenida Iguaçu, no Rebouças, vai passar a contar com uma nova estação-tubo. O prefeito Rafael Greca acompanhou, nesta sexta-feira (11/10), a colocação da estação-tubo Vale do Pinhão, que fica na Avenida Iguaçu entre e as ruas João Negrão e Rockfeller. 

O equipamento deve entrar em operação até o fim do ano. A nova estação vai receber as linhas 508 – Sítio Cercado (anti-horário), 700 – Pinheirinho/Cabral e 702 Caiuá/Cachoeira. Passam por essas linhas 52,8 mil pessoas por dia. A estação-tubo terá rampa de acessibilidade.

O prefeito destacou que a nova estação tubo complementa a que foi instalada em agosto na Avenida Presidente Getúlio Vargas.

“Nesse eixo passam 53 mil pessoas que se somam às 35 mil que descem no tubo na paralela Avenida Getúlio Vargas e que certamente se somarão aos milhares de fiéis que frequentam a Igreja Universal do Reino de Deus, que foi parceira na revitalização da região”, disse Greca.

O prefeito ressaltou o projeto de retomada da região do Rebouças, com as startups do Vale do Pinhão, o projeto do Centro Rebouças e Inovação e Aceleração (Cria) e a futura cidade da polícia de Curitiba, que vai funcionar nas antigas instalações da fábrica da Ambev.

“Além disso, vamos contar com uma praça em homenagem a Alfredo Agache, arquiteto responsável pelo Plano Diretor da cidade, criado em 1943”, adiantou o prefeito, que estava acompanhado do bispo Alexandre Mendes e do vereador Osias Moraes.

O presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, lembra que a estação tubo Vale do Pinhão receberá os passageiros no sentido contrário ao da Getúlio Vargas.

A estrutura da Getúlio Vargas integra o conjunto de obras fruto de medida compensatória gerada pelo impacto da construção do templo da Igreja Universal do Reino de Deus na região. Foram comtemplados cerca de 650 metros da via, no trecho entre a Avenida Marechal Floriano Peixoto e a Rua Conselheiro Laurindo.