Região do Rebouças ganha novo tubo do transporte coletivo e obras de revitalização da Avenida Getulio Vargas no entorno do Templo da Universal do Reino de Deus – Foto: Daniel Castellano / SMCS

A estação-tubo Rebouças – Templo Maior começou a operar na tarde desta segunda-feira. O novo ponto do sistema de transporte coletivo de Curitiba fica na Avenida Presidente Getúlio Vargas, entre as ruas João Negrão e Conselheiro Laurindo.

O prefeito Rafael Greca foi vistoriar o início do funcionamento do equipamento público e enalteceu a parceria firmada com a igreja Universal do Reino de Deus para a revitalização da avenida. “Celebramos o final da esplêndida obra da Getúlio Vargas, que foi requalificada. É uma rua para todos os curitibanos chamarem de sua e que agora também ganhou uma nova estação-tubo”, disse Greca.

A estrutura integra o conjunto de obras de revitalização da avenida, que é fruto de medida compensatória gerada pelo impacto da construção do novo templo da Universal do Reino de Deus na região. Foram comtemplados cerca de 650 metros da via, no trecho entre a Avenida Marechal Floriano Peixoto e a Rua Conselheiro Laurindo, no Rebouças.

A Getúlio Vargas ganhou calçadas mais amplas e acessíveis e sistema de iluminação direcionado aos pedestres. O canteiro central foi retirado e os postes foram relocados para permitir a futura implantação de uma faixa exclusiva ao transporte público.

O custo da obra executada como medida mitigadora da construção do templo construído na quadra das ruas Engenheiros Rebouças, João Negrão, Piquiri e Getúlio Vargas foi de R$ 10 milhões.

A nova estação-tubo será parada de cinco linhas: X35 Pinheirinho/Prefeitura, X36 Guadalupe Fazendinha, 507 Sítio Cercado, 700 Pinheirinho/Cabral e 702 Caiuá/Cachoeira.

A vistoria do prefeito foi acompanhada pelo secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, pelo presidente da Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs), empresa responsável pela gestão do sistema de transporte coletivo da cidade, Ogeny Pedro Maia Neto, pelo bispo da igreja Universal do Reino de Deus Alexandre Mendes, pelo deputado federal Aroldo Martins e pelo vereador Osias Moraes.