A Federação Árabe Palestina do Brasil – FEPAL manifesta todo apoio e solidariedade à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB e à imensidão católica do país pelos inaceitáveis insultos que lhes desferiu o deputado estadual Frederico D’Ávila (PSL-SP) na última quinta-feira (14).

Endereçamos nosso apoio, sobretudo, ao arcebispo Dom Orlando Brandes, covardemente atacado pelo deputado apenas porque apelou – em dia santo dedicado à padroeira do país – por convívio em paz e harmonia.

Infelizmente, estas atitudes abomináveis, que promovem ódio, intolerância e incitam à violência, se repetem com frequência assustadora no Brasil. É preocupante que parlamentares se sintam à vontade de subir à tribuna de um dos legislativos mais importantes do país para desferir tantos impropérios.

Isto é mais do que quebra de decoro ou mera casualidade; é mais um perigoso ato de um movimento político que visa deslegitimar as instituições brasileiras que defendem a democracia, a justiça e os direitos civis, políticos e sociais da população.

Esta tática vil de difamar e levantar suspeitas sobre vozes e crenças dissonantes, por meio da radicalização do discurso e da produção e disseminação de fake news, se tornou uma das grandes chagas dos nossos tempos.

Nós, palestino-brasileiros, de maneira geral, em especial os muçulmanos, conhecemos bem esta estratégia. Nos últimos anos escalaram os crimes de ódio e de intolerância religiosa contra palestinos e descendentes, aos quais a FEPAL sempre procura atender judicialmente.

É inadmissível que condutas irresponsáveis e inconsequentes, como a do deputado Frederico D’Ávila e de outras figuras notórias que também promovem este tipo de ataque, algumas de seu partido, sigam impunes, mesmo com tantas evidências.

Jamais nos calaremos diante desta situação. Estaremos sempre juntos daqueles que estão dispostos a construir uma pátria verdadeiramente livre, pacífica, na qual o respeito prevaleça e atos como esse sejam coibidos, antes de tudo pela própria índole e educação exigíveis dos representantes políticos eleitos.

Sigam fortes, CNBB e católicos brasileiros, porque o Brasil precisa de vocês.

Palestina Livre a partir do Brasil, 19 de outubro de 2021.

Deputado Frederico D’Ávila (PSL-SP) é conhecido também por ser um detrator contumaz da Palestina na Alesp e em outros espaços de representação