O GOLPE DE 1964 E A CORRUPÇÃO ENTRE OS MILITARES

O coronel do Exército reformado Erimá Pinheiro Moreira denunciou que a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) teria subornado o então comandante do 2º Exército, general Amaury Kruel para que ele traísse o ex-presidente João Goulart e apoiasse o golpe militar.

Leia Mais
Loading

Últimas Edições

Edição - Julho 2021
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Edição - Junho 2021
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Parceiros

Anúncios